Casamento em Crise (Tudo o que Você Precisa Saber para Sair!)

Quero começar com uma pequena história sobre que exemplifica o conceito atual de Casamento para muitas pessoas:

Certa vez em um vilarejo um grupo de pessoas estava trabalhando para inaugurar uma igreja. Algum tempo depois da construção o povo se reuniu para uma cerimônia na qual vinha um padre de outra cidade para realizar os momentos religiosos.

Os serviços religiosos começaram. e num certo ponto o padre se dirigiu a uma garotinha que estava aparentemente nervosa e perguntou a ela o que era casamento. “Oh!” Ela disse, “é um estado de terrível tormento, e aqueles que entram nele são compelidos a suportá-lo por um tempo a fim de se prepararem para um mundo melhor.” Um dos clérigos locais interrompeu a garotinha: Não! Não! Você está pensando no purgatório.“Deixe-a” disse o padre sorrindo. “Afinal o que você e eu sabemos sobre esse assunto?”

De fato muitas vezes o casamento é comparado a algo atormentador onde a impressão é que se está vivendo sob tortura. Diálogo pouco existe, pois qualquer coisa que for falada gera discussões e brigas. Os atritos se tornam cada vez mais frequentes, a ponto dos dois começarem a se enxergar como adversário de um jogo em que há um vencedor e um perdedor.

O Erro Fatal no Casamento

casal-em-criseNós, seres humanos, reagimos a estímulos. Toda ação gera uma reação em nosso ser. O tipo de reação que temos nem sempre é exteriorizada com base em nossa personalidade, mas sim em resposta ao que nos foi dado.

Vejamos um exemplo: você está em uma loja procurando um sapato para comprar, a atendente chega até você, mas não lhe trata tão bem quanto deveria, no mesmo instante vem um sentimento de revolta misturado com indignação,  suas mais simples reações são: sair daquela loja sem comprar, nunca mais voltar lá e falar para o maior número de pessoas possíveis sobre o que aconteceu e que não vale a pena comprar nada naquela loja. Se a moça tivesse outro comportamento com toda certeza suas reações seriam completamente diferentes.

O interessante é que isso funciona para todas as relações entre duas ou mais pessoas. É muito comum ouvirmos pessoas falando de como seu relacionamento era bom no início, mas que com passar dos anos se tornou enfadonho e infeliz.

As pessoas querem obter o mesmo resultado fazendo coisas diferentes. Não dá!

Não cometa o erro de lançar estímulos negativos e esperar resultados positivos. Atenção a maneira como você se comporta com seu cônjuge, pois esse comportamento é fundamental na reação que seu cônjuge terá.

E Algo ainda pior…

Atualmente vemos uma onda gigantesca de divórcios. Será essa a melhor solução? Não! Claro que existem exceções, mas o fato é que problemas não se resolvem sozinhos, nós temos que resolvê-los, eu sei, às vezes é difícil e doloroso, mas temos que encará-los.

O divórcio causa sérios problemas. Você se sente um fracasso, os filhos ficam com traumas que provavelmente vão levar para a vida toda. Seu próximo relacionamento será carregado de hábitos do seu antigo casamento. Seus medos, traumas anseios, tudo o que te fez mal anteriormente pode ser refletido no relacionamento atual. E a probabilidade desse novo casamento terminar é muito maior do que o primeiro.

A Boa Notícia!

Como fazer para seu casamento sair da crise? Tenho uma outra pequena história para ilustrar essa questão:

Uma jovem senhora foi ao terapeuta de casais e lhe falou que iria se divorciar, porém ela queria fazer com que seu esposo sofresse muito, pois ela tinha passado poucas e boas em suas mãos com seu jeito de tratá-la. O terapeuta lhe falou que sabia exatamente o que ela deveria fazer. “Vá e trata-o com muito amor e carinho, o encha de carícias e doces afagos, faça com que ele se sinta o homem mais satisfeito que existe”. Faça isso todos os dias durante três meses, depois o abandone sem piedade, isso o magoará profundamente. Passado o tempo determinado pelo conselheiro, a jovem voltou ao consultório, “vamos fazer os arranjos para você deixar seu esposo”? “Não posso deixá-lo, eu o amo de todo o meu coração, não poderia fazer algo assim”.

Assim como um carro não anda sem combustível também é a vida a dois, tem que haver combustível, alimento.

Quero que você faça algo agora, é agora mesmo, nesse exato momento feche seus olhos e imagine você e seu cônjuge em um lugar muito agradável, como um parque onde tudo é bonito. Imagine que você e ele trocam olhares, beijos carícias e conversam um com o outro em tom doce e agradável, sinta a alegria e a felicidade desse momento. Imaginou e sentiu? Assim serão as coisas daqui pra frente, sabe por quê? Por que você pode fazer do seu casamento algo muito feliz e prazeroso.

Comece a colocar em prática pelo menos uma das coisas que a jovem da história fez e tenho a plena certeza que vai melhorar!

Presente pra você!

Criei uma apresentação prática ensinando como salvar o casamento do divórcio e traição, no vídeo explico as causas mais comuns do divórcio e de um caso extraconjugal e o que você deve fazer para eliminar esse risco na sua vida a dois e ter um casamento INCRÍVEL.

–> Clique aqui para Assistir!

Um grande abraço!

E não se esqueça de compartilhar esse artigo com alguém que você gosta!

Jhonata Souza

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

6 Comentários

  1. karoline martins disse:

    cada vez que eu leio o que vc escreve eu me vejo obrigada por abrir meu olhos e fazer eu enxergar em tudo o que eu estou errando

  2. rosa disse:

    Meu marido não mim procura mais já não sei mais o q fazer

  3. rosa disse:

    Ele já mim traiu duas vezes sinto falta de carinho nei ele mim procura nei eu procuro ele ciúme muito te mim sera q ciuma e pq gosta

    • Jhonata Souza disse:

      Oi Rosa. É muito bom ter você aqui no blog.
      Essa situação tem solução e não é muito complicada.
      Para começar baixe o e-book gratuito, você já vai entender muita
      coisa e vai melhorar as cosas entre os dois. Assim que você baixar vai começar a receber meus e-mails que também vai te ajudar muito.

      Abraço!